sexta-feira, 7 de maio de 2010

CNBB: NA PAUTA, HOJE, OS DIREITOS HUMANOS

Brasília, 07 mai (RV)- Continuam os trabalhos da 48ª Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), que tiveram início no último dia 4 de maio e se encerram no próximo dia 13. O evento se realiza no Centro de Treinamento da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Comércio (CNTC) de Brasília.
Como todos os dias nesta sexta-feira as atividades dos bispos tiveram início com a Santa Missa no Santuário de Dom Bosco: a celebração desta manhã foi presidida pelo Arcebispo de Diamantina, MG, Dom João Bosco Oliver de Faria e concelebrada por Dom Zeno Hastenteufel e por Dom Jacyr Francisco Braido.
Os trabalhos nesta manhã devem se concentrar sobre o tema dos Direitos humanos. Os trabalhos serão em grupos com exposições na plenária.
Ontem os bispos discutiram entre outros temas sobre a questão das Comunidades Eclesiais de Base.
No início da tarde de ontem teve lugar a coletiva de imprensa da qual participaram o Arcebispo de Aparecida (SP) e presidente do Conselho Episcopal Latino-Americano (Celam), Dom Raymundo Damasceno Assis, o Arcebispo de Diamantina (MG), Dom João Bosco Oliver de Faria e o Arcebispo de Sorocaba, Dom Eduardo Benes de Sales Rodrigues.
Falando sobre o objetivo da Missão Continental Dom Raymundo disse que é “recuperar a dimensão missionária de toda a Igreja na América Latina com o desejo de colocá-la, com toda a sua estrutura, em estado permanente de missão”.
Já o Arcebispo de Diamantina (MG), Dom João Bosco Oliver de Faria afirmou que os três pólos que equilibram a vida da Igreja são: A presença de Cristo na Eucaristia; Leitura, meditação e reflexão da Palavra de Deus, e a prática da caridade. De acordo com ele, a Assembleia optou por valorizar o estudo da Palavra de Deus porque a Bíblia muda o sentido da vida do ser humano. “A Palavra de Deus alimenta a vida do cristão”.
Ainda nesta sexta-feira os bispos se reunião para discutir a situação do ecumenismo nos dias de hoje, com vistas para a Conferência de Edimburgo – que celebra os 100 anos de caminhada ecumênica. Na ocasião, o Presidente do Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do Brasil (Conic), Pastor sinodal Carlos Moller, preside um culto ecumênico. O evento também terá a presença de outras lideranças das Igrejas que compõem o Conic.
FONTE: RÁDIO VATICANO